Estudo do livro: Deuses Falsos (parte 2) de Timothy Keller

Texto Bíblico: Genesis 22:1-18

1 E aconteceu depois destas coisas, que provou Deus a Abraão, e disse-lhe: Abraão! E ele disse: Eis-me aqui.

2 E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi.

3 Então se levantou Abraão pela manhã de madrugada, e albardou o seu jumento, e tomou consigo dois de seus moços e Isaque seu filho; e cortou lenha para o holocausto, e levantou-se, e foi ao lugar que Deus lhe dissera.

4 Ao terceiro dia levantou Abraão os seus olhos, e viu o lugar de longe.

5 E disse Abraão a seus moços: Ficai-vos aqui com o jumento, e eu e o moço iremos até ali; e havendo adorado, tornaremos a vós.

6 E tomou Abraão a lenha do holocausto, e pô-la sobre Isaque seu filho; e ele tomou o fogo e o cutelo na sua mão, e foram ambos juntos.

7 Então falou Isaque a Abraão seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui, meu filho! E ele disse: Eis aqui o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto?

8 E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho. Assim caminharam ambos juntos.

9 E chegaram ao lugar que Deus lhe dissera, e edificou Abraão ali um altar e pôs em ordem a lenha, e amarrou a Isaque seu filho, e deitou-o sobre o altar em cima da lenha.

10 E estendeu Abraão a sua mão, e tomou o cutelo para imolar o seu filho;

11 Mas o anjo do Senhor lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui.

12 Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho.

13 Então levantou Abraão os seus olhos e olhou; e eis um carneiro detrás dele, travado pelos seus chifres, num mato; e foi Abraão, e tomou o carneiro, e ofereceu-o em holocausto, em lugar de seu filho.

14 E chamou Abraão o nome daquele lugar: o Senhor proverá; donde se diz até ao dia de hoje: No monte do Senhor se proverá.

15 Então o anjo do Senhor bradou a Abraão pela segunda vez desde os céus,

16 E disse: Por mim mesmo jurei, diz o Senhor: Porquanto fizeste esta ação, e não me negaste o teu filho, o teu único filho,

17 Que deveras te abençoarei, e grandissimamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus, e como a areia que está na praia do mar; e a tua descendência possuirá a porta dos seus inimigos;

18 E em tua descendência serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à minha voz.

 

Observações históricas (2.160 a 1.950 a.C.)

Abraão havia recebido de Deus a promessa de ser o pai de muitas gerações futuras (Genesis 12: 1-2), por isso, seu filho Isaque era muito valioso para o sucesso desse projeto, mas quando Deus lhe diz para sacrificar seu herdeiro, Abraão obedece entregando nas mãos de Deus o seu valioso filho. Por seu ato de fidelidade, Isaque foi poupado e Abraão foi abençoado grandemente, porque Deus queria apenas testa-lo e ensinar lições valiosas para o seu povo.

 

1 – Qual é a coisa mais valiosa que você possui? Você a entregaria nas mãos de Deus, mesmo correndo o risco de perdê-la definitivamente?

“Se não estivermos dispostos a ferir a carreira para fazer a vontade de Deus, nosso trabalho se tornará um falso Deus” (Timothy Keller, p. 32).

Sua casa?

Seu namorado(a)?

Seu emprego?

O coração corrompido pelo pecado costuma transformar desejos em ídolos.

 

2 – Criamos expectativas sobre as coisas que possuímos, mas não temos o controle dessas coisas

“Meu desejo de ter filhos completamente bem-sucedidos e felizes é egoísta. Tudo gira em torno do meu desejo de me sentir digna e valorosa. Se eu realmente conhecesse o amor de Deus, poderia aceitar filhos não tão perfeitos e não os estaria sufocando. Se o amor de Deus valesse mais para mim que meus filhos, eu poderia amar meus filhos de modo menos egoísta e mais verdadeiro” (exemplo ilustrado por Timothy Keller, p. 33).

Quem te deu todas as coisas que você possui?

Para que servem as coisas que você possui?

 

3 – Às vezes precisamos passar por sofrimentos para amadurecer e compreender a verdade

“Pessoas que nunca sofreram na vida têm menos empatia por outras, pouco conhecimento das próprias limitações e deficiências, nenhuma perseverança diante de dificuldades e expectativas irreais com relação à vida” (Timothy Keller, p. 33).

Os momentos são dolorosos quando os nossos “ídolos” são ameaçados ou removidos do coração;

 

4 – Deus não se importa com o que você tem, ou o que você não tem, Deus se importa com você

“...Deus estava colocando Abraão na fornalha, para que seu amor por ele pudesse finalmente parecer como ouro” (Timothy Keller, p. 32).

“Uma das piores coisas que Deus pode fazer a alguém é trata-la “segundo os desejos de seu coração” (Romanos 1:24);

 

5 – Deus enviou um cordeiro para ser sacrificado no lugar de Isaque

“Pois também Cristo sofreu pelos pecados uma vez por todas, o justo pelos injustos, para conduzir-nos a Deus” (1 Pedro 3:18).

Jesus é o Cordeiro substituto que cumpriu o sacrifício em nosso lugar;

 

6 – O Pai Abraão não precisou sacrificar o seu filho, mas Deus sacrificou seu Filho por nós

“Aquele que não poupou seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça, todas as coisas? (Romanos 8:32).

Na hora do castigar, Deus substituiu o pecador por seu precioso Filho, para sofrer em nosso lugar;

O Pai Celeste valoriza a nossa obediência e não o nosso sacrifício.

 

Estudo bíblico baseado no livro "O Pai Pródigo" de Timothy Keller

Adaptação do conteúdo para estudo em células: 
Bel. Ailton de Oliveira Ferreira (junho/2017)

Direção geral:
Rev. Leonaldo de Oliveira Costa

 

Go to top